segunda-feira, 24 de março de 2014

Exposição "A fé dos Ciganos - filhos do vento, mensageiros do destino"

A exposição "A Fé dos Ciganos - Filhos do Vento, Mensageiros do Destino", inaugurada no dia 13 de março, reúne diversas peças da cultura cigana - como punhais, acessórios de roupas, enfeites de cabeça, violão, objetos religiosos e fotografias. Para a professora Elca Nunes Rodrigues, uma das organizadoras da mostra, o propósito da exposição é desmistificar a cultura cigana e passar a conhecê-la, compreendê-la e respeitá-la. 

As fotografias, um dos destaques da exposição, fazem parte do trabalho de pesquisa dos ciganos Ruiter Durdevic e sua esposa Anne Khellen que percorrem os acampamentos Brasil afora para conhecer as necessidades de seu povo. "Esse trabalho de pesquisa está realizando uma transformação em relação à consciência do povo cigano no Brasil e pretende ser levado ao governo federal. Nosso país é um dos mais receptivos aos ciganos e, segundo as últimas estimativas, temos cerca de 880 mil vivendo aqui", diz a professora Elca Rodrigues. 

Fazem parte da exposição apresentações artísticas e palestras com membros de vários clãs ciganos e historiadores. A visitação pode ser feita no Núcleo de Memória, Informação e Documentação (MID), das 14h às 19h, na sala 2002 (2° andar, Bloco C) do Pavilhão João Lyra Filho, campus Maracanã até 31 de março.

Nenhum comentário:

Postar um comentário